Trato Vocal

 

Após a produção, pelas pregas vocais, do som fundamental com seus harmônicos, este é moldado pelo trato vocal que compreende as cavidades faríngea, oral e nasal. Todas as estruturas existentes nestas cavidades têm a sua participação, mais ou menos importante, na produção sonora.

As dimensões e a forma do trato vocal variam de indivíduo a indivíduo e, também, durante a fonação, quando a modificação poderá ser reflexa, automatizada ou produzida voluntariamente. Por exemplo: durante a deglutição há uma alteração reflexa, ou seja, não aprendida; durante a fala da língua materna as modificações são aprendidas e automatizadas; a alteração voluntária sempre pode ser produzida desde que não existam lesões sérias.

ZR Mídia - Sites e Sistemas Online